| HOME PAGE |  | ARCHIVIO RIVISTA MARIA AUS. |  ADMA-ON-LINE INFO VALDOCCO   |

 
Via Maria Ausiliatrice 32 - 10152 Torino-Valdocco, Italia | E-Mail: pcameroni@salesiani.it  ADMA Valdocco: adma.torino@tiscali.it  

 ADMA | ASSOCIAÇÃO DE MARIA AUXILIADORA

ADMAonLINE   

Mensagem Mensal :  24 de Setembro 2013    

Maria nos guia à conversão

Iniciamos o nosso novo ano associativo em comunhão com toda a Família Salesiana, no terceiro ano de preparação ao bicentenário de nascimento de nosso pai e fundador Dom Bosco, e, conscientes de que Maria está presente em nosso meio e nos guia à santidade no caminho da conversão. Esse é o seu empenho e a sua missão, pela qual ela semeia todo dia em nossos corações e convida-os à conversão, para que aí germine a oração, a paz e o amor. Nossa Senhora quer que nós sejamos como a semeadura do grão do evangelho, que, morrendo sob a terra, produz em cêntuplo. Admoesta-nos a não perdermos esse momento de graça, para que um dia não nos arrependamos de não termos feito o que deveríamos, isto é, converter-nos. Tudo isso nos estimula a retomarmos com renovado entusiasmo, o nosso compromisso de adesão à ADMA, renovando cada vez mais as nossas motivações para sermos um sinal de conversão para os outros.
Convidamos todos os grupos a considerarem as Linhas guia 2013-2014 e as Orientações oferecidas para a promoção da ADMA Juvenil, à luz das experiências em curso (cf. www.admadonbosco.org ).
Nesse sentido, convidamos a continuarem o empenho já iniciado por diversos grupos, na renovação da Associação, com o cuidado e o acompanhamento dos casais e famílias, seja enquanto resposta ao grande desafio cultural e espiritual vigente, seja enquanto expressão da dimensão popular do carisma salesiano. Nos lugares onde isso já aconteceu vemos frutos de novidade e rejuvenescimento da Associação e vitalização do carisma salesiano.
Durante a Jornada Mariana, promovida dentro da programação do Ano da Fé, nos dias 12 e 13 de outubro, estaremos presentes na Praça de São Pedro em Roma, com cerca de 250 membros de grupos da ADMA da Itália, para renovarmos com o Papa Francisco, a consagração do mundo a Maria, com a presença da imagem de Nossa Senhora de Fátima.
E, além disso, no dia 19 de outubro a Família Salesiana terá a alegria da beatificação do Coadjutor Salesiano Estevão Sándor (1914-1953), em Budapeste (Hungria), que, pela salvação dos jovens húngaros, foi morto por ódio à fé.
Com esse número a ADMA online sai, também, em polonês, e assim sendo, o nosso folheto de ligação passa a sair em 7 línguas: italiano, inglês, espanhol, português, francês, alemão e polonês.
Por fim, convidamos todos os grupos da ADMA para oferecerem orações e celebrações eucarísticas especiais pelo próximo Capítulo Geral dos Salesianos, que será em Roma em fevereiro e março de 2014.

                  Sr. Lucca Tullio, Presidente - Pe. Pierluigi Cameroni SDB, Animador espiritual


CAMINHO DE FORMAÇÃO 2013-2014: "Da mihi animas, cetera tolle"

1. A experiência espiritual de Dom Bosco

Nessa primeira parte propomos alguns dos pontos abordados pelo Reitor-Mor na apresentação da Estreia para 2014

Depois de termos dedicado o primeiro ano de preparação ao Bicentenário do Nascimento de Dom Bosco para conhecermos a sua figura histórica e o segundo ano para destacarmos os traços fisionômicos do educador e atualizarmos sua prática educativa, no terceiro e último ano tencionamos ir à fonte de seu carisma, chegando à sua espiritualidade.
A espiritualidade cristã tem a caridade como centro, ou seja, a própria vida de Deus, que, em sua mais profunda realidade é Ágape, Caridade, Amor. Como todos os grandes santos fundadores, Dom Bosco viveu a vida cristã com uma ardente caridade e contemplou o Senhor Jesus por um ângulo especial, o do carisma reservado a ele por Deus, ou seja, a missão juvenil. A "caridade salesiana" é caridade pastoral, porque busca a salvação das almas, e é caridade educativa, porque encontra na educação, o recurso que permite ajudar os jovens a desenvolverem todas as suas energias do bem; dessa forma, os jovens podem crescer como honestos cidadãos, bons cristãos e futuros habitantes do céu.
Convido-os, então, caros irmãos e irmãs, todos membros da Família Salesiana, a chegarem à fonte da espiritualidade de Dom Bosco, ou seja, à sua caridade educativa pastoral; ela tem o seu modelo em Cristo o Bom Pastor e encontra a sua oração e o seu programa de vida no lema de Dom Bosco "Da mihi animas, cetera tolle". Seremos capazes, assim, de descobrirmos um "Dom Bosco místico", em cuja experiência espiritual se assentam os alicerces de nosso modo de vivermos hoje, a espiritualidade salesiana, na diversidade das vocações que se inspiram nele.

1. Experiência espiritual de Dom Bosco
A espiritualidade é um modo característico de sentir a santidade cristã e de tender a ela; é uma maneira especial de viver a própria vida em busca da perfeição cristã e de um carisma especial. Em outras palavras, a vivência cristã é uma ação conjunta com Deus que pressupõe a fé.
A espiritualidade salesiana consiste-se de vários elementos: é um estilo de vida, oração, trabalho, relações interpessoais; uma forma de vida comunitária; uma missão educativa pastoral com base em um patrimônio pedagógico; uma metodologia de formação; um conjunto de valores e atitudes características; uma atenção peculiar à Igreja e à sociedade através de áreas específicas de compromisso; uma herança histórica de documentação e escritos; uma linguagem característica; uma série típica de estruturas e obras; um calendário com festas e comemorações próprias; ...
O ponto de partida da experiência espiritual de Dom Bosco é a "glória de Deus e a salvação das almas"; isso foi formulado por ele em seu programa de vida "da mihi animas, cetera tolle". A raiz profunda dessa experiência é a união com Deus, como expressão da vida teologal que se desenvolve com a fé, a esperança e a caridade, e do espírito de autêntica piedade. Essa experiência se traduz em ações visíveis; sem as obras, a fé é morta e sem a fé, as obras são vazias. Por fim, ela tem como ponto de chegada a santidade: a santidade é possível a todos, depende da nossa colaboração com a graça; a todos é dada a graça para a santidade.

2. Centro e síntese da espiritualidade salesiana: a caridade pastoral
A caridade é o centro de toda espiritualidade cristã: não se trata apenas do primeiro mandamento, mas é também a fonte de energia para se progredir. O brilhar da caridade em nós é um mistério e uma graça; não provem de iniciativa humana, mas é participação à vida divina e efeito da presença do Espírito Santo em nós. Não poderíamos amar a Deus se Ele não tivesse nos amado primeiro, fazendo-nos sentir e nos dando o gosto e o desejo, a inteligência e a vontade de correspondermos. Não poderíamos nem mesmo amar o próximo e ver nele a imagem de Deus, se não tivéssemos a experiência pessoal do amor de Deus.
A caridade pastoral é uma expressão da caridade, que tem muitas manifestações: o amor materno, o amor conjugal, a compaixão, a misericórdia, o perdão, ... Invoca a figura de Jesus Bom Pastor, não apenas pelo seu modo de agir: bondade, busca de quem está perdido, diálogo, perdão: mas também e sobretudo pela substância de seu ministério: revelar Deus a cada homem e a cada mulher. É mais que evidente a diferença com outras formas de caridade que dão atenção preferencial particularmente às necessidades das pessoas: saúde, pão, trabalho. O elemento típico da caridade pastoral é o anúncio do Evangelho, a educação à fé, a formação da comunidade cristã, a fermentação evangélica do ambiente.
A caridade pastoral salesiana é centro e síntese de nossa espiritualidade, que tem o seu ponto de partida na experiência espiritual do próprio Dom Bosco, e em sua preocupação pelas almas. Ela se exprime no lema "da mihi animas, cetera tolle".

3. Espiritualidade salesiana para todas as vocações
Se é verdade que a espiritualidade cristã tem elementos comuns e válidos para todas as vocações, é também verdade que ela é vivida com diferentes peculiaridades e especificidades segundo o próprio estado de vida: o ministério presbiteral, a vida consagrada, os fiéis leigos, a família, os jovens, os idosos, ... têm o seu modo típico de viver a sua experiência espiritual.
Os grupos da Família Salesiana abrangem numerosos leigos em suas missões. Estamos cientes de que não se pode haver um envolvimento pleno se não houver uma partilha do mesmo espírito. Comunicar a espiritualidade salesiana aos leigos corresponsáveis junto a nós da ação educativa pastoral torna-se um empenho fundamental. Os salesianos, como também outros grupos da Família salesiana têm feito um trabalho explícito de formulação de uma espiritualidade laical salesiana no Capítulo Geral XXIV1. Certamente os grupos laicais da Família salesiana constituem-se em uma fonte de inspiração para tal espiritualidade.
Depois de havermos tomado consciência de que não se pode mais ter uma pastoral juvenil sem a pastoral familiar, passamos a nos perguntar qual espiritualidade familiar salesiana elaborar e propor. Há experiências de famílias que se inspiram em Dom Bosco. Aqui, o caminho ainda está começando, mas é um caminho que nos ajuda a desenvolver a nossa missão popular, além da juvenil.

4. Empenhos para a Família salesiana

4.1 Empenhemo-nos a aprofundar qual foi a experiência espiritual de Dom Bosco, o seu perfil espiritual, para descobrir o Dom Bosco místico; poderemos, assim, imitá-lo, vivendo uma experiência espiritual com identidade carismática.
4.2 Vivamos o centro e a síntese da espiritualidade salesiana, que é a caridade pastoral. Ela foi vivida por Dom Bosco como busca da "glória de Deus e salvação das almas" e por ele, foi feita como oração e programa de vida no "da mihi animas, cetera tolle". É uma caridade que tem necessidade de se alimentar com a oração e se fundamentar nela, olhando para o Coração de Cristo, imitando o Bom Pastor, meditando a Sagrada Escritura, vivendo a Eucaristia, dando espaço à oração pessoal, assumindo a mentalidade do serviço aos jovens. É uma caridade que se traduz e se torna visível em gestos concretos de proximidade, afeto, trabalho, dedicação. Assumamos o sistema preventivo como experiência espiritual e não só como proposta de evangelização e metodologia pedagógica; ele encontra a sua fonte na caridade de Deus que precede toda criatura com a sua Providência, acompanha-a com a sua presença e a salva doando sua vida; ele se dispõe a acolher Deus nos jovens e nos chama a servi-lo neles, reconhecendo a dignidade, renovando a fidelidade em seus recursos bons e educando-os à plenitude da vida.
______________________________

1 CG24, Salesiani e laici: comunione e condivisione nello spirito e nella missione di Don Bosco,
Roma 1996, nn.89-100.

4.3 Comuniquemos a proposta da espiritualidade salesiana segundo as diversidades das vocações, especialmente aos jovens, aos leigos envolvidos nas missões de Dom Bosco, às famílias. A espiritualidade salesiana tem necessidade de ser vivida segundo a vocação que cada um recebeu de Deus. Reconheçamos os traços espirituais comuns dos vários grupos da Família Salesiana indicados na "Carta de Identidade"; façamos conhecerem os testemunhos da santidade salesiana; invoquemos a intercessão de nossos Beatos, Veneráveis e Servos de Deus e peçamos a graça de suas canonizações. Ofereçamos aos jovens que acompanhamos, a espiritualidade juvenil salesiana. Vamos propor a espiritualidade salesiana aos leigos comprometidos a partilharem a missão de Dom Bosco. Com atenção à pastoral familiar, indiquemos às famílias, uma espiritualidade adaptada à sua condição. Por fim, convidemos para que façam a experiência espiritual, também jovens, leigos e famílias de nossas comunidades educativas pastorais ou de nossos grupos e associações que pertencem a outras religiões ou que se encontram em situações de indiferença frente a Deus; também para eles, é possível a experiência espiritual como espaço para a interiorização, o silêncio, o diálogo com a própria consciência, a abertura ao transcendente.
4.4 Leiamos alguns textos de Dom Bosco, os quais podemos considerar como fontes da espiritualidade salesiana. Em primeiro lugar, convido-os a relerem e fazerem a atualização do "sonho dos dez diamantes"; ele nos propõe o caráter espiritual de cada um de nós que nos inspiramos em Dom Bosco.


CRÔNICA DA FAMÍLIA

MONTREAL (CANADÁ) - Durante o encontro mensal do dia 29 de maio, o nosso grupo da ADMA celebrou a renovação dos compromissos de 4 membros, enquanto outros 3 aspirantes fizeram sua adesão publicamente. Todos os presentes receberam distintivos e medalhas das mãos de Irmã Alphonsine Roy (FMA). O nosso grupo da ADMA é recente e até agora estamos apenas com 14 membros, mas está crescendo forte e seguro, guiado no caminho da fé por nosso amado e estimado Pe. Domenico Britschu (SDB). Sempre há café e doces a cada encontro. A conversa à mesa é bilíngue e sempre alegre, momento apreciado por todos para discutirmos novos projetos e os já levados adiante por nosso pequeno grupo. O nosso Santo Rosário é frequentemente rezado em italiano, em francês e na língua crioula.

GÊNOVA - INICIALIZAÇÃO DO GRUPO ADMA DAS FAMÍLIAS
Está se consolidando o grupo de Famílias da ADMA de Gênova. Domingo, dia 30 de junho, Pe. Roberto Carelli animou um dia com as Famílias. Participaram 27 adultos e muitas crianças. Depois da celebração eucarística na igreja das Sacramentinas, Pe. Roberto Carelli apresentou a última catequese proposta para este Ano da Fé: a visão de Deus, o paraíso. Após o almoço, muitos se confessaram.

GELA - 50° ANIVERSÁRIO DE EREÇÃO CANÔNICA E AGREGAÇÃO DA ADMA
Dia 4 de julho de 2013, na Paróquia de São Domingos Sávio de Gela foi um dia de graças não apenas para a ADMA, mas também para toda a Família Salesiana e para a Comunidade Paroquial: recordou-se o 50º aniversário de ereção canônica do grupo da ADMA. Depois de ter colocado o estandarte ao lado da Cruz, iniciou-se com a reza do Terço, seguida pelas vésperas e pela catequese. Antes da celebração eucarística, a presidente, Luigina Ciaramella, apresentou alguns aspectos da história da Associação e a carta do Reitor-Mor, Pe. Egidio Viganó, sobre o reconhecimento oficial da pertença da ADMA à Família Salesiana. Pe. Calogero Di Gregorio, Animador da ADMA, presidiu a celebração eucarística, concelebrada pelo Diretor da casa salesiana, Pe. Giuseppe Troina e pelo pároco, Pe. Giuseppe Di Leonforte. Foi muito bom sentirmos próximos nesse evento, os ex-alunos, os cooperadores e os grupos das famílias. O coro da ADMA dirigido por Maria Luisa Cascino e Anna Cafà animou os cantos litúrgicos. Encerrou-se a celebração com a consagração de toda a assembleia à Maria Auxiliadora. Por último, houve um momento de fraternidade e de festa com os salesianos, os membros da ADMA e todos os convidados juntos. (Luigina Ciaramella, presidente da ADMA de Gela)

AFO III CONGRESSO DA ADMA - Do dia 11 ao dia 13 de julho, a obra salesiana de Bobo-Dioulasso (Burkina Faso) acolheu os membros da ADMA da África Ocidental Fancofona, para o seu III Congresso inspetorial. As diversas delegações, provenientes de Bénin, da Guiné, da Costa do Marfim, do Senegal, do Togo e da Burkina Faso reuniram-se no Centro Dom Bosco: num total de 254 membros. Após a acolhida com cantos e danças animadas pelo Sr. Antoine Bakendé e oração inicial, houve a palestra de Pe. Jean Aurelien Lemondo, Animador inspetorial. O tema do Congresso foi "Maria, modelo de fé". O Inspetor, Pe. Faustino Garcia, presidiu a Eucaristia de abertura e convidou a Associação a envolver as famílias e os jovens. Conferências, trabalhos em grupo, relatórios das diversas delegações, momentos de oração e de festa caracterizaram os dias do Congresso. O Congresso inspetorial da ADMA também foi renovado, com a nomeação do Sr. Antoine Sassou de Lomè- Togo, como presidente. Joayna Françoise H. Bassène, da ADMA (Dakar - Senegal) falou de Maria que, tendo encontrado graça aos olhos de Deus, permaneceu fiel à sua missão, apesar das dificuldades e incompreensões, e continua a sustentar a fé dos cristãos que, como Dom Bosco, a invocam como Auxiliadora. O Pe. Antonio Fernandes Cesar, SDB (Korhogo - RCI) tratando da concepção da ADMA em Dom Bosco, mostrou que essa consiste em uma presença que convida a sermos missionários dos jovens e que estimula à santidade. A Eucaristia de encerramento foi presidida pelo Arcebispo de Bobo - Dioulasso, Dom Paul Y. Ouédraogo, que ficou muito feliz ao receber uma imagem da Auxiliadora de presente.

HONDURAS - Sábado, dia 10 de agosto, houve, no Instituto São Miguel e sob a direção do Pe. Miguel Zamora, o primeiro encontro dos grupos da ADMA de Tegucigalpa: o do Centro São João Bosco e o da Paróquia Maria Auxiliadora. O encontro, programado pelos coordenadores dos dois grupos, Francisco Mendez e Carmen de Cordova, foi em memória de Nelly Maradiaga, um membro da ADMA que o Senhor chamou para si em fevereiro passado. No encontro, foram partilhados os projetos e as atividades de ambos os grupos, foram feitas algumas dinâmicas para favorecer o conhecimento recíproco e se desenvolveu o tema relativo ao Projeto pessoal de vida.

VENEZUELA: XXIV ASSEMBLEIA E XXV ENCONTRO NACIONAL
Do dia 16 ao dia 18 de agosto, na Casa de Nazaré, Via el Jarillo (Miranda) aconteceu a XXIV Assembleia e o XXV Encontro Nacional da ADMA da Venezuela, com a participação de cerca de 100 associados. O encontro foi convocado pelo Pe. Luis Azzalini, Animador espiritual nacional, e foi coordenado pela Junta Nacional: Sra. Ingrid Gonzalez, Presidente; Sra. Lucy Matamoros, Secretária; Lic. Antonio Valdez, Tesoureiro; Sra Elizabeth de Tamara, Conselheira para a Pastoral Vocacional; Sra. Flor de Rivas, Conselheira para a Pastoral litúrgica e a Sra. Cristina de Diaz, Conselheira para a Pastoral Social. Todos os grupos entregaram os relatórios anuais, partilhando os resultados conseguidos e as dificuldades encontradas, além de ter havido a apresentação do relatório anual do Conselho Nacional. Pe. José Maria Estebanez, Delegado da Família Salesiana, apresentou a Carta de Identidade Carismática da Família Salesiana. Evidenciou-se o apoio à solicitação de inserir no próximo Capítulo Geral a referência à ADMA nas Constituições dos Salesianos, além da campanha 200x200, promovida pelo Reitor-Mor, Pe. Pascual Chavez, para solicitar a participação de 200 jovens de cada inspetoria, durante o bicentenário de nascimento de Dom Bosco em 2015. Uma segunda palestra, sob os cuidados do teólogo Guillermo Dominguez, foi sobre a apresentação da Encíclica "Lumen Fidei". Por último desenvolveu-se o tema do Conselho Nacional da Assembleia dos Leigos: "Doutrina Social da Igreja, Consciência e Formação dos leigos: a nossa ação na sociedade", que foi apresentado pela Sra. Cristina Ramirez, Conselheira da Pastoral Social. Um momento de grande emoção, foi a entrega da placa em memória da Sra. Mélida de Gallardo ao seu esposo, a Sra. Mélida foi membro da ADMA por mais de 40 anos, Secretária da ADMA Nacional por 6 anos, e retornou à casa do Pai no início do ano, deixando a lembrança de uma inesquecível amiga e irmã perseverante da Associação. No encontro, também foram eleitos os encarregados da Comunicação Social a nível nacional: Roberth della Dolorita, Petare e a Sra. Chiquinquira Rodrigue de Sarria. O encontro encerrou-se, dia 18, com a Eucaristia celebrada por Pe. Azzalini, rendendo graças ao Senhor pelo sucesso do encontro, conscientes de que, embora com as dificuldades, continuaremos na caminhada pelas mãos de Maria Auxiliadora.

ADMA PRIMÁRIA - EXERCÍCIOS ESPIRITUAIS DAS FAMÍLIAS "O combate espiritual". Esse é o tema de formação que acompanhou os Exercícios Espirituais dos casais e famílias da ADMA, feitos em dois turnos de 5 a 17 de agosto de 2013, com a participação de mais de 80 famílias, no belo ambiente alpino de Pracharbon (Vale da Aosta). O roteiro dos exercícios, proposto e animado por Pe. Pierluigi Cameroni, abrangeu os seguintes pontos:
1. Jacó, o homem que luta com Deus e a experiência dos pais no deserto.
2. Jeremias, o profeta em conflito com Deus e o ensinamento de São Francisco de Sales sobre a virtude.
3. Jesus, modelo de luta e a ascese do amor da "Pequena via" de Santa Teresinha do Menino Jesus.
4. O discípulo e a porta estreita e o testemunho da Beata Laura Vicunha.
O tema do combate espiritual, apresentado à luz da vida e do testemunho dos santos, tocou os corações dos participantes e suscitou caminhos de reconciliação, através da purificação do coração e da libertação das dependências, da falsidade e dos ressentimentos, e o empenho por uma renovada escolha por Deus. No término de cada semana foram renovadas as promessas batismais e diante da Eucaristia foi feita a consagração das famílias aos Sagrados Corações de Jesus, José e Maria e São Miguel Arcanjo. Durante esses dias, Maria renovou o sentido de pertença e o compromisso de muitas famílias à ADMA, através da revisão e da animação dos grupos locais das famílias (Gênova, Val Chisone, Chieri, Vale da Aosta...) com o encontro mensal (oração do terço, formação, convívio).
Interessante o fato de diversos maridos e pais terem questionado como poder reconhecer a presença de Maria em suas próprias vidas, em que consiste a verdadeira devoção a Maria e como compreender se são verdadeiros membros da ADMA. As duas semanas foram momento de grande graça também para a ADMA dos Jovens. Diversos jovens, dirigidos por dois casais, Durighello Sergio e Cecilia e Ricauda Davide e Chiara, empenharam-se na animação dos jovens mais novos e crianças menores e juntos amadureceram o sentido de pertença à ADMA. A exigência de trilharem caminhos de formação acompanhados e programados e a experiência partilhada entre famílias e casais jovens fizeram experimentarem a beleza de comunhão e de apoio recíproco entre as diversas vocações na estrutura eclesial. Pe. Roberto Carelli, o Sr. Lucca Tullio, presidente da ADMA e alguns casais, Ir. Marilena Balcet FMA, eles todos coordenaram e acompanharam a experiência que teve a participação de quase 400 pessoas e fez com que experimentassem a beleza da fé e da alegria de crescerem juntos sob o olhar materno da Auxiliadora.

No dia 16 de julho, memória de Nossa Senhora do Carmo, Pe. Pierluigi Cameroni apresentou a ADMA ao Conselho Geral das FMA e a 16 novas inspetoras em Castelgandolfo.

BENY TAPIA ARROYO: recordamos com afeto e reconhecimento essa associada e presidente por 18 anos da ADMA de Salamanca (Espanha), que o Senhor chamou para si no dia 14 de junho de 2013. Uma grande devota e verdadeira filha da Auxiliadora, mulher de bondade e de comunhão, empenhada no apostolado, na ação cultural e social, dedicada às missões e às vocações.


             INFO ADMA     -     INFO ADMA     -     INFO ADMA    -     INFO ADMA      
SEDE ADMA | Torino-Valdocco, Italia:

ADMA | Santuario Basilica di Maria Ausiliatrice
Via Maria Ausiliatrice 32 | 10152 TORINO-VALDOCCO / ITALIA
Tel.: 0039-011-5224216 / Fax.: 0039-011-52224213
E-mail: adma.torino@tiscali.it 
               Presidente ADMA:
               Signor LUCCA TULLIO ((encargo até 2014) E-mail: lucca.tullio@alice.it
Animador Espiritual da ADMA:
Don Pier Luigi CAMERONI | Istituto Salesiano Via S. G. Bosco 1 - 25075 NAVE - BS
TEL. 030-2530262 -FAX 030-2533190CELL. 3401452349
E-mail: pcameroni@salesiani.it
                                     Internet: www.donbosco-torino.it
                                            
www.admadonbosco.org


                    | HOME PAGE |  | ARCHIVIO RIVISTA MARIA AUS. |  ADMA-ON-LINE INFO VALDOCCO   |


      Visita Nr.